Netflix: e sua evolução do streaming em 25 anos

A Netflix comemorou seu 25º aniversário na semana passada, lançando um vídeo especial que recapitula brevemente sua história. No entanto, muitos detalhes ao longo desse caminho foram omitidos no teaser. Como o Deadline comentou, a plataforma pode ter uma forte lista de concorrentes hoje, mas tem um mercado próprio há muito tempo – bem mais de uma década. Streaming “Tu Dun” transformou a indústria de mídia e entretenimento, mudando a forma como usamos filmes, séries, documentários e até jogos diariamente. Neste post, vamos relembrar muito da história da Netflix, destacando os principais momentos em seu desenvolvimento.

A FUNDAÇÃO DA NETFLIX

A Netflix foi fundada em 29 de agosto de 1997 por Reed Hastings e Marc Randolph. O ex-CEO de uma empresa de software chamada Pure Atria, adquiriu a Integrity QA, uma organização que ele mais tarde co-fundou. No entanto, a Pure Atria foi vendida durante o “boom dos anos 90” e, enquanto estava no cargo, Randolph tinha o desejo de investir em uma nova startup. Legends relatou que Hastings foi multado em US $ 0 por pagar atrasado o filme Apollo 13 à Blockbuster, a maior rede de aluguel de vídeos do mundo, e se perguntou: “E se ele não tivesse uma taxa atrasada? No entanto, Marc Randolph afirma que a história realmente envolvia muito “brainstorming” até que um projeto envolvendo aluguel de filmes em disco foi desenvolvido. O primeiro escritório da Netflix foi em uma antiga agência bancária em um parque de escritórios em Scotts Valley, que mais tarde se mudou para o condado de urban center. Com um investimento inicial de US$ 1,9 milhão, a empresa contratou dezenas de pessoas para “executar” um serviço de aluguel de DVDs com entrega e correio de retorno. Durante os primeiros seis meses, o foco foi a criação de um site de e-commerce simples para facilitar a venda e aluguel de DVDs – isso se tornou a base dos negócios futuros.

INTRODUÇÃO AO NETFLIX

Durante o teste inicial, Marc e Reed enviaram mídia um para o outro. As fitas VHS eram muito finas para serem enviadas e os DVDs ainda eram novos no mercado, mas o último acabou sendo a melhor escolha. Com esse problema resolvido e a plataforma de streaming funcionando, os serviços Netflix começaram oficialmente em 1 de abril de 1998. A Netflix foi o primeiro portal online de aluguel e venda de DVDs com menos de 1.000 títulos. E os primeiros 150 pedidos chegaram de repente e travaram os servidores da empresa.

NETFLIX POR REGISTRO

O primeiro ano de operação foi difícil para a Netflix. O custo é alto e a certa altura ela quase foi vendida para a Amazon. Mas os fundadores acreditaram em sua empresa e, em 1999, lançaram seu primeiro plano de assinatura. O cliente pagava uma mensalidade e recebia três filmes de uma só vez em um envelope vermelho. Há também um teste gratuito, concedido ao convidar um amigo, via código, para a plataforma. “Podemos deixá-los ficar com os DVDs?” Eles podem mantê-los pelo tempo que quiserem? E quando eles querem outro, nós devolvemos e trocamos. explicou Randolph. Novidade é adicionada a esta área para criar uma lista de filmes favoritos, um mecanismo de recomendação, e a comunidade criada por seu site atraiu cerca de 200.000 assinantes. Depois de abrir o capital em 2002 e abrir o capital na Nasdaq, a empresa cresceu rapidamente, atingindo 1 milhão de assinaturas em 2003, ano em que Marc Randolph deixou a empresa. Nessa época, a Netflix também implementou um sistema de perfis em seu site. Dessa forma, cada membro da família pode acessar seus filmes e séries favoritos com uma única conta.

O NASCIMENTO DO STREAMING

Um serviço de streaming, ou seja, assistir filmes de longe (sem esperar pelo correio) foi introduzido na Netflix em 2007. Na época, o novo recurso funcionava apenas em computadores. tem Internet Explorer e tem limite de streaming gratuito por hora dependendo do plano de assinatura de cada cliente. Por meio da parceria, a empresa expandiu seus serviços para outros aparelhos eletrônicos, como videogames, aparelhos Blu-ray, decodificadores, smart TVs e smartphones. A Netflix alcançou Canadá, América Latina, Caribe, Irlanda, Reino Unido, países nórdicos, Áustria, Bélgica, França, Alemanha, Luxemburgo e Suíça nos anos seguintes, ultrapassando 50 milhões de assinantes em 201 – a chegada ao Brasil aconteceu em 2011.. Por curiosidade, o primeiro conteúdo “Netflix Original” foi o float “Bill Burr: You People Are All the Same”, lançado em 2012. Atualmente, investir em conteúdo original é o foco principal da plataforma do programa, com novos exclusivos sendo lançados – e cancelados – com bastante frequência. Atualmente, a Netflix está disponível em 190 países e oferece reprodução em mais de 30 idiomas. Em 2021, ela anunciou uma barra de 200 milhões de assinaturas em todo o mundo. No entanto, a empresa passa por um período de crise e perderá usuários pela primeira vez em 2022.

 4 total views

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*